< voltar

Aprovado Projeto de Lei que torna Terno de Reis Patrimônio Cultural Imaterial

Aprovado Projeto de Lei que torna Terno de Reis Patrimônio Cultural Imaterial

Na tarde desta segunda-feira (17/04), a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei nº 36/2017, de autoria do vereador Filipe Branco (PMDB), que torna o Terno de Reis “Cancioneiros da Ilha” integrante do Patrimônio Cultural Imaterial do Município do Rio Grande. O projeto, aprovado por unanimidade dos vereadores presentes na sessão, seguirá para o Executivo Municipal para sanção do prefeito.

De acordo com o autor, Filipe Branco, a intenção do projeto, além de valorizar a cultura, é possibilitar que a partir da aprovação da Lei o Terno de Reis possa captar recursos para a profissionalização do grupo e aquisição de trajes, instrumentos e acessórios. “O Terno de Reis é um dos atrativos da Ilha dos Marinheiros e sua qualificação também auxiliará no fomento ao turismo daquela região”, salientou o vereador.

O Terno de Reis, ou Folia de Reis é um festejo de origem portuguesa ligado às comemorações do culto católico do Natal, trazido para a Ilha dos Marinheiros pelos primeiros moradores do local. Atravessou gerações e ainda hoje é atuante. No período de Natal, o grupo visita as casas dos moradores da Ilha tocando músicas alegres em louvor aos "Santos Reis" e ao nascimento de Cristo. Essa manifestação festiva estende-se até a data consagrada aos Reis Magos, 6 de janeiro. O Terno de Reis “Cancioneiros da Ilha”, além do período de Natal, realiza apresentações durante as festas juninas e em eventos religiosos ou quando são convidados, preservando as nossas tradições.